in

Cobb-Vantress se destaca no combate de salmonelas

Na Colômbia, Cobb possui unidades reconhecidas como livres das principais salmonelas

A unidade de produção de Avós da Cobb-Vantress El Placer, na Colômbia, recebeu reconhecimento de livre de salmonela pelo ICA, a Autoridade de Sanidade Animal daquele país. Esta medida faz parte dos programas nacionais de controle de salmonelas aviárias e paratípicas em conformidade com a regulamentação do ICA e representa um impacto altamente positivo para os avicultores, defendeu a médica veterinária e gerente de Serviços Técnicos da Cobb-Vantress na Colômbia, Fernanda Orjuela. “Este reconhecimento confirma que os módulos ou núcleos da granja El Placer e do incubatório Chinauta estão livres das quatro salmonelas importantes para a avicultura (Salmonella Pullorum, Gallinarum, Enteritidis e Typhimurium), garantindo a qualidade sanitária das aves ali produzidas”, afirmou.

A especialista ressalta a implementação de medidas que visam a prevenção e manutenção das condições de biossegurança, além de elevados padrões sanitários da Cobb. “As principais estratégias se baseiam na prevenção de entrada de salmonela em nossas unidades produtivas através da implementação de procedimentos operacionais padronizados que permitem fundamentalmente o estabelecimento de medidas estritas de biossegurança, controle de entrada e fluxo de pessoas, materiais e veículos, limpeza e desinfecção de instalações, veículos, equipamentos e calçados, além de controle de pragas, entre outras medidas”.

O reconhecimento foi devido ao cumprimento, pela Cobb Colômbia, das disposições da resolução ICA nº 17753 que estabelece o programa de controle e erradicação da salmonelose aviária (S. Pullorum e S. Gallinarum) nas aves de capoeira do território nacional e na resolução ICA nº 17754 que estabelece o controle nacional e a diminuição da prevalência de salmonelas paratíficas (Enteritidis e Typhimurium) nas aves de capoeira no território nacional. Ele acontece após monitoramento oficial da coleta de amostras por um funcionário do ICA para confirmar a ausência de salmonela em cada lote de avós alojado na granja e em cada lote do incubatório.

Fonte: A.I, adaptado pela equipe feedfood.

LEIA TAMBÉM:

Contínua valorização do milho afeta pecuaristas

Ourofino abre inscrições para programa de estágio

SP realiza Fórum sobre retirada da vacinação contra Febre Aftosa

Evonik lança plataforma de qualificação

Combinação de ativos nos adsorventes de micotoxinas é defendida pela Kemin