Patrocinado
MERCADO

Conteúdo

Cobb-Vantress anuncia o novo gerente de vendas da Camex

Médico veterinário, Gustavo Triques, tem a área de atuação expandida para outros países
feedfood
FOTO: REPRODUÇÃO

A Cobb-Vantress – líder global em genética avícola, anunciou como o mais novo gerente de vendas para o Brasil, a América Central e o México (Camex), o médico veterinário, Gustavo Triques. O executivo irá gerenciar as equipes de vendas na região.

Com a área de atuação ampliada para os países da América Central e o México, a nomeação de Triques faz parte da estratégia de expansão da companhia, que incorporou as regiões da América Central e o Canadá a unidade de negócios com sede no Brasil em agosto de 2023.

“É com muita alegria que recebo o desafio de levar o nosso atendimento já reconhecido no Brasil para outros países. Estaremos sempre presentes e muito próximos dos clientes, a quem dedicaremos os esforços necessários para que atinjam resultados de sucesso”, destacou Triques, formado em medicina veterinária com mestrado em Ciência Animal pela Universidade Federal do Paraná, e experiência em empresas do segmento de aditivos nutricionais e na agroindústria.

FOTO: REPRODUÇÃO
Médico veterinário, Gustavo Triques, tem a área de atuação expandida para outros países (FOTO: REPRODUÇÃO)

Para o diretor geral da Cobb-Vantress na América Latina e no Canadá (LatCan), Bernardo Gallo, “a nomeação do Gustavo é importante para ampliar o nosso atendimento para outros países. Ele tem uma bagagem importante na avicultura que certamente vai contribuir com melhor eficiência de produção e rentabilidade na cadeia avícola”.

“Temos dedicado esforços em levar o nosso trabalho já amplamente reconhecido para os países da América Latina e Canadá com a missão de oferecer, por meio da nossa genética, das nossas pessoas e dos nossos serviços, um relacionamento que esteja à altura ou que supere as expectativas dos nossos clientes. E a nomeação do Gustavo vem exatamente nessa direção”, relatou o diretor geral da LatCan, ao lembrar o anúncio de investimento, aproximado de 200 milhões, na ampliação de granjas e na construção de um novo incubatório no país, para atender a demanda de clientes da região.

Fonte: AI, adaptado pela equipe FeedFood.

LEIA TAMBÉM:

PIB do agro tem avanço acumulado de 0,5% em 2023

Ações brasileiras são destaque nas Conferências da FAO

Uso de tanino reduz emissão de GEE em 17% na pecuária