in

Cobb pauta ambiência para matrizes no inverno

Especialista defende aquecimento adequado de matrizes na fase inicial de recria

Um aquecimento adequado de matrizes pesadas em dias mais frios, especialmente na fase inicial de recria, tem impactos positivos ao longo de toda a vida produtiva do animal, defendeu o médico-veterinário e especialista em Frango de Corte e Ambiência da Cobb-Vantress na América do Sul, José Luís Januário. “É muito importante estar atento a um aquecimento adequado das matrizes na fase inicial da recria porque seus efeitos estão diretamente relacionados com a uniformidade do lote e, consequentemente, com a produtividade. E também porque é muito difícil recuperar as perdas de uma uniformidade ruim na matriz”, pontuou o especialista durante uma apresentação sobre Orientações de Manejo de Ambiência e Ventilação para Matrizes na Preparação para o inverno, realizada virtualmente pela empresa.

Ele ainda ressalta a importância de atingir uma boa uniformidade dos lotes de recria o mais cedo possível. “Uma boa uniformidade pode ser considerada em torno de 80% para lotes de matrizes e isso se consegue com um bom manejo de inverno”, afirmou salientando que a grande preocupação é que as aves, por serem animais homeotérmicos, precisam manter a temperatura corporal constante. “As aves não são autossuficientes em manter a homeotermia nas três primeiras semanas, então é necessário aquecer a granja para manter a temperatura constante”.

Januário destaca o uso de equipamentos, como campanulas a gás, por exemplo, para ajudar a manter uma fonte de calor para os animais. “Além disso, técnicos e produtores devem seguir tabela de temperaturas desejadas para cada idade de acordo com os manuais publicados pela Cobb”. Outra ferramenta aliada neste momento é o manejo das cortinas para um bom isolamento das granjas. “Um bom manejo de vedação das cortinas dos galpões para evitar a entrada de ar frio é extremamente importante em granjas convencionais. A abertura e o fechamento da cortina são muito estratégicos para obter os resultados necessários”, disse o especialista.

Para aviários climatizados, ou galpões mais modernos, ele apresentou bons indicadores com trabalhos de ventilação mínima realizados com exaustores em ciclos de ventilação e uso de inlets de entrada de ar. “São equipamentos essenciais em granjas climatizadas de matrizes”, reforçou Januário em webinars promovidos pela Cobb para profissionais de empresas como Granja Econômica e São Salvador Alimentos.

Fonte: A.I, adaptado pela equipe feed&food.

LEIA TAMBÉM:

Contínua valorização do milho afeta pecuaristas

SP realiza Fórum sobre retirada da vacinação contra Febre Aftosa

Adisseo lança bolsa de pesquisa internacional

Biovet

Gerente de Vendas Avicultura é anunciada pela Vaxxinova