in

Cinco frigoríficos são barrados pela Arábia Saudita

De acordo com a ABPA, critérios técnicos podem ter sido impedimento

De acordo com a ABPA, critérios técnicos podem ter sido impedimento

A Arábia Saudita comunicou, na última segunda-feira (21), a suspensão da importação da carne de frango de cinco frigoríficos brasileiros.  O motivo para tal medida não foi informado. De acordo com a Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), a decisão parte de “critérios técnicos”.

A entidade informou ainda que “planos de ação corretiva estão em implementação para a retomada das autorizações”. Entre os frigoríficos com exportações barradas estão um da JBS e um da BRF, que atuam fortemente no setor.

O presidente da ABPA, Francisco Turra, salientaque ainda não possui a lista completa das unidades suspensas porque não tinha recebido o comunicado dos países árabes. “Pode ser que eles passem a comprar mais de outros frigoríficos”, comenta.

Dos 58 frigoríficos habilitados, 33 não têm permissão para exportar para aquela região, incluindo os cinco suspensos na segunda-feira. “Nem todos os habilitados estavam exportando para lá”, observa Turra. No mesmo comunicado enviado ao governo, segundo o presidente da entidade, a Arábia Saudita deixa aberta a possibilidade de que frigoríficos não-habilitados peçam esse aval às autoridades brasileiras.

Fonte: G1, adaptado pela equipe feed&food.

“Resolvido”, diz Bolsonaro sobre fim do antidumping

Livro com a história da família Ciasulli conta sobre período da imigração