Patrocinado
MERCADO

Conteúdo

China beneficia produtos do agronegócio argentino

Medida visa reduzir os preços, estimular o consumo e aumentar ou modificar tarifas temporárias já aplicadas
feedfood
FOTO: REPRODUÇÃO

A Secretaria de Agricultura, Pecuária e Pesca do Ministério da Economia da Argentina informou que a China beneficiou 143 produtos do agronegócio do país com cortes ou prorrogações de reduções de tarifas temporárias, melhorando as condições de acesso dos itens no mercado.

O Ministério das Finanças chinês comunicou que a medida oficializada visa reduzir os preços e estimular o consumo, como também aumentar ou modificar tarifas temporárias já aplicadas em função da evolução da demanda e a oferta no mercado local.

A política chinesa implementada desde 2016, beneficia todos os países fornecedores que não possuem acordo de livre comércio, promovendo maior abertura de mercado ao comércio internacional.

Conforme afirma a Secretaria de Agricultura, Pecuária e Pesca da Argentina, os produtos beneficiados serão os seguintes: hortaliças e temperos, lácteos, pesca, frutas, oleaginosas e alimentação.

FOTO: REPRODUÇÃO
China beneficia produtos do agronegócio argentino (FOTO: REPRODUÇÃO)

Fonte: Globo Rural, adaptado pela equipe FeedFood.

LEIA TAMBÉM:

PIB do agro tem avanço acumulado de 0,5% em 2023

Ações brasileiras são destaque nas Conferências da FAO

Uso de tanino reduz emissão de GEE em 17% na pecuária