in

CEO Global da Big Dutchman participará do Siavs

Presença reforça a importância do mercado latino-americano para a companhia

Presença reforça a importância do mercado latino-americano para a companhia

Gabriela Salazar, da redação

[email protected]


Lançamento global, presença do CEO e preparativos que se estenderam pelos últimos meses comprovam não só a importância do Salão Internacional de Avicultura e Suinocultura (Siavs), mas também a pujança da América Latina para o mercado mundial. Em números, isso fica ainda mais claro: de acordo com a Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura (FAO), a produção mundial precisará crescer 70% até 2050 e o Brasil será o principal fornecedor.

Os investimentos tendem a acompanhar esse ritmo. Com foco no desenvolvimento de tecnologias que auxiliem o produtor a atingir esses objetivos, a Big Dutchman aposta neste mercado e alinha suas soluções as necessidades específicas desta região.

Atenta as demandas. Prova desta importância será o lançamento do Fusionpro durante o Siavs. A solução voltada para a suinocultura visa trazer um ganho de bem-estar as fêmeas, oferecendo um ambiente unitário e não mais em gaiolas. Garantindo assim, não somente ganhos nos resultados produtivos como também um maior acesso aos mercados importadores.

O lançamento é apenas uma das soluções que serão levadas ao evento, como pontua o diretor Geral Brasil, John Freshel: “A Big Dutchman é líder global e possui uma variedade enorme de produtos para atender a avicultura de corte, postura e suinocultura, temos uma cartela grande de produtos e para o evento pensamos sempre em trazer inovações”.

Proximidade com o setor. A companhia, que participou de todas as edições do evento, vê no Siavs uma oportunidade de estar ainda mais próxima dos agentes finais dos setores avícolas e suinícolas. Para o diretor, a feira tende a se tornar o maior evento do segmento na América Latina, não somente pela pujança da produção de proteína animal no Brasil, mas principalmente para qualidade do encontro.

“O saldo é muito positivo e crescente a cada ano. Essa é uma boa oportunidade para apresentarmos as nossas inovações, para os clientes conhecerem toda a nossa equipe e também para que possamos olhar o setor e seu desenvolvimento. O Siavs sempre trouxe bons indicadores”, enfatiza.

O diretor América Latina da Big Dutchman, Wilson Zampini, reforça essa afirmação, salientando o fortalecimento da feira a cada edição e qualidade de seu público. “Quando avaliamos uma feira tem que ser pensar não só na quantidade, mas também na qualidade e isso tem acontecido de forma bastante intensa nas últimas edições da feira”, comenta.

Um olhar global. A presença do CEO da companhia, Bernd Meerpohl, durante a feira também simboliza a atenção que a Big Dutchman dá a esse mercado. Zampini relata que a operação da empresa nesta área está se transformando em um foco cada vez maior para o corporativo da empresa.

“Existe um crescimento significativo nos últimos anos e continuamos acreditando neste potencial de crescimento. Teremos a presença do CEO da empresa que é um sinal claro disso”, comenta.

Confira os preparativos da companhia para essa edição:

https://www.youtube.com/embed/tC_qhifhMSY

Secretário da pesca busca firmar acordo com Noruega

Companhia promove programa Descarte Zero