in

Cenário atual impulsiona demanda por novos lotes de suínos

Segundo o Cepea, vendas do setor suinícola voltam a aquecer nesta semana

GERAL035 Porcos em fazenda em Lucas do Rio Verde, Mato Grosso, Brasil28/02/2008 Crédito: Paulo Whitaker/Reuters Usada em 27-02-20 Usada em 18-06-20

Na contramão de períodos anteriores, vendas do setor suinícola se aquecem e alta do preço supera os 20% em algumas praças acompanhadas pelo Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), da Esalq/USP.

Segundo o Cepea, recuo ocorreu com certa força entre o fim de maio e o começo de junho e agora, nesta semana, preços do suíno vivo registram intenso movimento de recuperação. “O animal vivo negociado no mercado independente se valorizou em todas as regiões acompanhadas, com aumentos em sete dias chegando a superar os 20% em algumas praças”, pontua o Centro.

Mercado em alta

Os pesquisadores indicam que, além das exportações aquecidas, a competitividade elevada da carne suína no atacado da Grande São Paulo frente às principais substitutas (bovina e frango) aqueceu as vendas domésticas da carne, impulsionando a demanda de frigoríficos por novos lotes de animais.  

Fonte: Cepea, adaptado pela equipe feed&food.

LEIA TAMBÉM:

Contínua valorização do milho afeta pecuaristas

Ourofino abre inscrições para programa de estágio

SP realiza Fórum sobre retirada da vacinação contra Febre Aftosa

China se mantém como principal destino da carne bovina brasileira

avicultura

“Avicultura, Recalculando…” será tema da 38ª Conferência FACTA