in

Caso de Peste Suína Clássica é registrado no Ceará

Ação ocorre após dois anos sem constatação da doença no País

CARGILL

Sem novos registros desde novembro de 2029, Brasil notifica Organização Mundial de Saúde Animal (OIE) sobre um caso de Peste Suína Clássica (PSC). Doença foi diagnosticada no dia 14 de setembro em um animal de uma produção “de quintal” no Ceará, como destaca cobertura realizada pelo Valor Econômico.

Segundo o informativo, exame para confirmar o quadro foi realizado pelo Laboratório Federal de Defensa Agropecuária de Minas Gerais.

Em comunicado à OIE, o governo brasileiro ressaltou que o Ceará não faz parte da zona livre de Peste Suína Clássica do Brasil e que há restrições para a circulação de animais e produtos entre o Estado e áreas consideradas livres da doença.

“As investigações ainda estão em andamento para identificar a origem e ligações epidemiológicas. As medidas de erradicação serão implementadas com abate dos animais existentes na propriedade e contatos dentro da mesma unidade epidemiológica”, explicou o governo.

Fonte: Valor Econômio, adaptado pela equipe feed&food.

LEIA TAMBÉM:

Diferencial do ovo brasileiro está no frescor

Brasil participa de rodada de negócios com foco no Reino Unido

Consumo per capita de ovo deve aumentar em 2021

ACCS realiza palestra sobre Lei de Integração

Transformações exigem resiliência de engenheiro agrônomos