in

Cargill doa alimentos para mais 150 mil pessoas

Doações da companhia já totalizam mais de R$ 5 milhões

A Cargill está doando mais 84 toneladas de alimentos a 156 mil pessoas por meio de suas marcas Liza, Maria e Tarantella. Com a pandemia da COVID-19, a Empresa aumentou seus esforços para colaborar ainda mais com a segurança alimentar de algumas comunidades.

Esta iniciativa adicional, que ocorre entre os meses de dezembro de 2020 e março de 2021, conta com o apoio dos funcionários da Cargill no Brasil para levar óleo de soja, maionese e molho de tomate a 11 instituições selecionadas, com a curadoria da Fundação Cargill. “Estou muito orgulhoso pelo empenho do nosso time, que mesmo ciente das contribuições que já realizamos, se uniu para doar mais, afinal a pandemia não acabou. Temos como valores corporativos colocar as pessoas em primeiro lugar; fazer a coisa certa; e superar as expectativas, agimos sempre com base nisso e motivados por nosso propósito de nutrir o mundo de forma segura, responsável e sustentável”, declara Paulo Sousa, presidente da Cargill no Brasil.

As instituições beneficiadas são: Associação Reciclázaro (SP), Liga Solidária (SP), Mesa Brasil (SP), Associação de Idosos do Balneário Meia Ponte (GO), Associação dos Pais e Atletas da Natação (GO), Espaço Capital RV Invisível (GO), Fundação Cristã Angélica – Hospital do Câncer de Rio Verde (GO), Lar Vicentino Obras – São Vicente De Paula (GO), Paróquia São Vicente de Paulo (GO), Projeto Social Coyotes Futsal (GO) e Saladorama (PE).

Em parceria com a Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional (USAID), NPI Expand, Plataforma Parceiros pela Amazônia (PPA) e SITAWI a Cargill também doou mais de R$ 1 milhão à Iniciativa PPA Solidariedade para mitigação dos impactos da COVID-19 entre as populações mais vulneráveis da Amazônia Brasileira. Com isso, a partir de dezembro, os municípios do oeste do Pará – Santarém, Belterra e Mojuí dos Campos – estão inicialmente recebendo doações de cestas básicas para mais de sete mil famílias e campanhas de comunicação para conscientização sobre os riscos da doença para mais de 99 mil pessoas, incluindo medidas de prevenção e controle nas unidades de saúde e domicílios.

No total, desde o início da pandemia, a Cargill já doou mais de R$ 5 milhões, por meio de iniciativas solidárias, realizadas em parceria com instituições beneficentes de 15 estados brasileiros, beneficiando 324 mil pessoas.

Além disso, colocando seus funcionários e o bem-estar deles em primeiro lugar, a Empresa também disponibilizou globalmente mais de US$ 15 milhões aos profissionais impactados pelo COVID-19 por meio do Cargill Cares Employee Disaster Relief Fund (EDRF na sigla em inglês para Fundo de Assistência a Funcionários em Caso de Desastre). O EDRF tem como objetivo oferecer suporte e auxílio financeiro a funcionários elegíveis em situações de catástrofes, desastres naturais ou pessoais, incluindo a atual crise causada pela pandemia.

Estes são apenas alguns exemplos de como a Cargill está trabalhando com organizações sem fins lucrativos e ONGs parceiras em todo o mundo para seguir ajudando no endereçamento das necessidades de segurança alimentar, saúde e segurança e nos desafios da agricultura e da indústria alimentícia intensificados devido à disseminação do COVID-19. Além de doações em dinheiro, estamos colaborando com diversas organizações em todo o mundo para doar alimentos, ingredientes e outros produtos de alta necessidade para aqueles que estão vulneráveis durante esta pandemia. A resposta global e regional da Cargill ao COVID-19 é orientada por nosso propósito de nutrir o mundo de uma forma segura, responsável e sustentável.

Fonte: A.I.

“Lideranças precisam se envolver na gestão de pessoas”

Fundos públicos para o agro serão mantidos