in

Brasil e China assinam protocolo sanitário

Ação tem como foco a exportação de carne termoprocessada brasileira

Ação tem como foco a exportação de carne termoprocessada brasileira

Durante reunião na última sexta-feira (25), Brasil e China assinaram protocolo sanitário para a exportação de carne termoprocessada brasileira. Documento foi assinado pela ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), Tereza Cristina e Administração Geral de Aduanas da China (GACC). 

Com requisitos, o objetivo da negociação de protocolos é evitar possíveis propagações de pestes ou pragas endêmicas do país exportador ao país importador. Conforme as normas da Organização Mundial do Comércio e outros organismos internacionais, as exigências determinadas pelo país importador devem estar baseadas em critérios científicos.

A proteina termoprocessada é a carne que tenha passado por processos térmicos, como por exemplo a cocção. 

No encontro também foi assinado um outro acordo sanitário, no caso para a exportação de farelo de algodão, utilizado como ração animal.

Fonte: MAPA, adaptado pela equipe feed&food.  

MAPA anuncia medidas para monitorar pescado nordestino

Agroceres PIC lança vídeos educativos