Pesquisar
Close this search box.
Patrocinado
SUINOCULTURA

Conteúdo

Brasil amplia exportação de carne suína

feedfood
FOTO: REPRODUÇÃO

Em análise recente, Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA) destaca crescimento das exportações nacionais de carne suína. Ao considerar todo os produtos, entre in natura e processados, os embarques totalizaram 78,6 mil toneladas em fevereiro, volume 10% superior ao registrado no mesmo período do ano anterior, com 71,5 mil toneladas.

Em receita, a alta chegou a 25,4%, com US$ 184,9 milhões, contra US$ 147,4 milhões na mesma comparação.

Já no primeiro bimestre, as vendas da proteína acumularam elevação de 14,9%, com 167,9 mil toneladas neste ano, contra 146,1 mil toneladas no ano anterior. Neste cenário, a receita em dólares obtida chegou a US$ 397,3 milhões, número 28,9% maior que o efetivado no mesmo período de 2022, com US$ 308,3 milhões.

“Os números do primeiro bimestre estão em linha com as projeções da ABPA, que indicam possível incremento de mais de 10% nas exportações ao longo de 2023, que devem ser reforçadas pelas recentes aberturas de mercados. É o caso, por exemplo, das primeiras vendas para o mercado mexicano, que foram fechadas em fevereiro e logo chegarão ao país norte americano”, avalia o diretor de mercados da ABPA, Luis Rua.

A China, maior importadora da carne suína brasileira, foi destino de 73,1 mil toneladas no primeiro bimestre deste ano, superando em 37,8% os embarques registrados no mesmo período do ano passado. Em seguida estão Honk Kong, com 14,9 mil toneladas (+4,9%), e Chile, com 13,5 mil toneladas (+93,6%).

“Desde o segundo semestre do ano passado, as vendas de carne suína para a China retomaram um ritmo próximo ao verificado em 2021. A demanda asiática somada ao bom desempenho das exportações para parceiros das Américas, como o Chile, sinaliza para um cenário positivo no cenário externo e nas exportações do setor ao longo deste primeiro semestre”, frisa o presidente da ABPA, Ricardo Santin.

Fonte: ABPA, adaptado pela equipe Feed&Food.

LEIA TAMBÉM:

Projeto piloto visa conservação de grandes felinos e proteção de rebanhos bovinos

Produção sem antibióticos: o que extrair do exemplo europeu?

Caso de ‘vaca louca’ não afeta mercado de consumo

Patrocinado
Patrocinado