Patrocinado
MERCADO

Conteúdo

Boas práticas da pecuária ganham destaque

Apenas 2% dos produtores deixam de acatar a legislação
feedfood
FOTO: REPRODUÇÃO

O ministro de Agricultura e Pecuária, Carlos Fávaro, ressaltou a característica marcante dos produtores rurais brasileiros: a adoção de boas práticas agropecuárias, nesta segunda-feira (11). Segundo ele, nenhum outro país do mundo pode se orgulhar de ter 98% dos produtores adotando práticas sustentáveis no campo.

A porcentagem disponibilizada pela ministra do Meio Ambiente e Mudança do Clima, Marina Silva, também mostra que apenas 2% dos produtores deixam de acatar a legislação.

Em São Paulo, na Nelore Fest, local o qual foi entregue o prêmio conhecido como o “Oscar” da pecuária nacional, Fávaro foi homenageado como Liderança de Destaque do Agronegócio Nacional pela Associação de Criadores de Nelore do Brasil (ACNB).

FOTO: REPRODUÇÃO
Ministro de Agricultura e Pecuária ressalta característica marcante dos produtores rurais brasileiros (FOTO: REPRODUÇÃO)

“Os produtores respeitam o Código Florestal brasileiro, adotam tecnologias que permitem praticar a pecuária e a agricultura sustentável, e essa conduta é motivo de muito orgulho para o País”, relatou o ministro ao mencionar também o Brasil como um dos principais exportadores de carne bovina no mundo e o avanço da genética.

Para o presidente da ACNB, Victor Miranda, o nelore se adaptou muito bem às condições tropicais. “Vem sendo melhorado geneticamente ao longo dos anos, ganhando precocidade e qualidade”, afirmou ao destacar a importância da raça para o País, que corresponde aproximadamente a 80% do rebanho nacional.

A Pesquisa da Pecuária Municipal de 2022 (PPM), realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), aponta que o ramo pecuário terminou o ano com um aumento de 2,1%. O valor de produção gerado neste período cresceu 17,5% em relação ao ano anterior, somado a 116,3 bilhões de reais.

FOTO: REPRODUÇÃO
Prêmio conhecido como o “Oscar” da pecuária nacional (FOTO: REPRODUÇÃO)

Fonte: MAPA, adaptado pela equipe FeedFood.

LEIA TAMBÉM:

PIB do agro tem avanço acumulado de 0,5% em 2023

Ações brasileiras são destaque nas Conferências da FAO

Uso de tanino reduz emissão de GEE em 17% na pecuária