in

Biomin integra-se ao AMR Challenge

Objetivo da ação é combater a resistência antimicrobiana

Objetivo da ação é combater a resistência antimicrobiana

A Biomin, indústria global de nutrição animal, renova os seus esforços para combater a resistência antimicrobiana (AMR) na cadeia da produção de alimentos de origem vegetal e animal em todo o planeta.

A empresa assume o compromisso com o AMR Challenge (Combate à Resistência Antimicrobiana), iniciativa global liderada pelos Centros de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) dos Estados Unidos e composta por governos, iniciativa privada e organizações não-governamentais de todo o mundo para avançar no combate à resistência antimicrobiana.

“A Biomin compromete-se a reduzir o uso não-medicinal de antibióticos nas rações animais globalmente”, afirma Jan Vanbrabant, CEO da Biomin e Presidente do Conselho Executivo do ERBER Group, do qual a Biomin faz parte. Esse compromisso inclui a adoção crescente de soluções biotecnológicas, com foco no gerenciamento de risco de micotoxinas, saúde intestinal e nutrição animal. “Para preservar o valor medicinal dos antibióticos, precisamos reduzir o seu uso.  Isso significa buscar alternativas para promover o desempenho e a saúde dos animais“, ressalta.

Pioneirismo em sustentabilidade – A Biomin dedica-se, desde 1983, a apoiar a indústria de nutrição animal e a cadeia de produção animal com o desenvolvimento de soluções inovadoras não-antibióticas. “O compromisso da Biomin com o AMR Challenge está alinhado ao objetivo maior da empresa, que é apoiar o agronegócio sustentável. E isso implica o uso responsável de antibióticos, melhoria do resultado econômico e aumento da produtividade, além do maior acesso aos alimentos, geração de empregos, redução da pegada ambiental dos animais e garantia de sua saúde e bem-estar“, afirma Jan Vanbrabant.

Empresa focada na Ciência – A Biomin foca suas atividades de pesquisa e desenvolvimento, lideradas pelo seu Centro de Pesquisas no aumento da sustentabilidade das cadeias de produção de animais e peixes, limitando ou diminuindo as taxas de resistência a antibióticos nas propriedades rurais.

Várias iniciativas recentes reforçam esse compromisso. É o caso da abertura do Laboratório Christian Doppler para Conceitos Inovadores de Saúde Intestinal na Produção Animal e o Projeto de Qualidade Alimentar, Segurança e Inovação (FFOQSI), que envolvem a melhoria da saúde intestinal dos animais e o combate à resistência aos antibióticos.

A Biomin também compartilha descobertas científicas e as melhores práticas, além de oferecer consultoria técnica para parceiros comerciais. “Realizamos eventos em todo o mundo com foco em programas de alimentação sem antibióticos, atraindo especialistas da indústria, acadêmicos e nossa equipe, reunindo todas as conquistas no Fórum Mundial de Nutrição, realizado a cada dois anos“, informa o CEO da empresa.

Fonte: A.I., adaptado pela equipe feed&food.

MAPA leite beneficiou 3 mil produtores

Literatura de churrasqueiro: aprenda os passos para surpreender com carnes