in

Biogénesis Bagó lança projeto de extensão rural

“Na Estrada 4.0” visa levar conhecimento e tecnologia a quem vive da agropecuária

Em 2018, a Biogénesis Bagó iniciou uma verdadeira revolução no mercado veterinário brasileiro com o Projeto “Na Estrada”. Com uma proposta inovadora, mais de 20 promotores técnicos em suas Fiorinos personalizadas começaram a rodar eventos, revendas e cooperativas agropecuárias do Brasil levando conhecimento técnico e ferramentas de merchandising a milhares de profissionais envolvidos na pecuária.

Com uma interação poucas vezes vista nesse mercado, o Projeto registrou em três anos de existência números, como: mais de 2.800 munícipios visitados, 9.000 peões e capatazes treinados, mais de 4.000 pecuaristas visitados, 2.000 veterinários e técnicos sensibilizados, além de 8.500 balconistas de lojas veterinárias capacitados para atenderem os pecuaristas de norte a sul do Brasil. Nesses três anos do Projeto, os veículos dos profissionais envolvidos no “Na Estrada” percorreram mais de 6 milhões de quilômetros.

Esses números expressivos se traduziram na conquista de diversos prêmios ao Projeto, que foi eleito como Melhor Ação de Marketing do mercado veterinário brasileiro pelo Top Rural 2019. Ganhou ainda o Top Brands Quality 2020 na categoria “Proximidade com o Cliente” e conquistou a façanha de receber o Troféu POPAI 2020, considerado o prêmio mais importante do varejo brasileiro, na categoria VOTO POPULAR, concorrendo com grandes marcas.

Extensão rural
Em 2021, o Projeto continuará acelerando pelas estradas brasileiras e terá uma missão de grande importância: contribuir com a extensão rural no Brasil, ajudando diretamente quem atua na agropecuária a produzir mais e melhor, melhorando assim suas vidas, dos animais destinados à produção e da sociedade como um todo. Por meio do “Na Estrada 4.0” serão oferecidos minicursos sobre boas práticas de vacinação, silagem, IATF, uso de antiparasitários e aplicação de medicamentos, entre outros temas diretamente nas fazendas com o objetivo de oferecer capacitações práticas às equipes de lida com os animais.

“O ‘Na Estrada’ continuará atuando junto às revendas e cooperativas agropecuárias de todo o Brasil ajudando aos balconistas e técnicos a se preparar para oferecer as melhores informações aos seus clientes. E agora vamos avançar pelas porteiras do Brasil levando conhecimento e tecnologia aos produtores e suas famílias que vivem e sobrevivem da agropecuária”, explica o médico-veterinário Carlos Godoy, Gerente de Marketing da Biogénesis Bagó no Brasil.

Para Marcelo Bulman, Country Manager da Biogénesis, o projeto “Na Estrada” contribuirá de maneira significativa com a diminuição da lacuna existente hoje entre a tecnologia e o produtor rural. “Vamos conversar e apoiar o produtor de carne e de leite para que ele possa produzir mais e melhor dentro da sua propriedade, utilizando de maneira correta o manejo, a reprodução, a sanidade e a nutrição”, ressalta Marcelo Bulman.

Fonte: A.I.

suinos

Conheça os impactos da circovirose para a suinocultura

Ações entre trocas de lotes é estratégia na avicultura