Patrocinado
MERCADO

Conteúdo

Agro mantém equilíbrio das contas paulistas

Agro mantém equilíbrio das contas paulistas Balança comercial do Estado registrou queda nos primeiros cinco meses do ano
feedfood
Balança comercial do Estado registrou queda nos primeiros cinco meses do ano

A soma das exportações de São Paulo nos primeiros cinco meses do ano chegou a US$ 20,02 bilhões. Já as importações, US$ 24,62 bilhões. O saldo leva o Estado a um déficit comercial de US$ 4,60 bilhões. Apesar de também ter registrado baixa, o agronegócio ajuda a manter o equilibro das contas paulistas.

De acordo com a Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo (SAA/SP) por meio do Instituto de Economia Agrícola (IEA), no mesmo período, o agronegócio apresentou exportações US$ 5,83 bilhões (-17,5%) e importações de US$2,08 bilhões (-3.7%), registrando dessa forma superávit de US$ 3,75 bilhões (-23,6%), em relação a 2018.

Entre os principais grupos estão o complexo soja (US$ 826,85 milhões) e as carnes (US$ 755,00 milhões). Estes agregados representaram boa parcela das vendas externas setoriais paulistas, como afirmam Carlos Nabil Ghobril, José Alberto Angelo e Marli Dias Mascarenhas de Oliveira, pesquisadores do IEA, ressaltando que o déficit do comércio exterior paulista só não foi maior devido ao desempenho do setor no Estado.

Brasil. A balança comercial brasileira registrou superávit de US$ 22,11 bilhões nos primeiros cinco meses de 2019, com exportações de US$ 92,85 bilhões e importações de US$ 70,74 bilhões. Se tratando do agro, as exportações apresentaram retração (-1,2%), em relação ao mesmo período do ano anterior, alcançando US$ 39,82 bilhões (42,9% do total nacional). As importações se mantiveram praticamente estáveis (-0,3%), registrando US$ 5,97 bilhões (8,4% do total nacional). Ainda assim, O superávit do agronegócio foi de US$ 33,85 bilhões, sendo 1,4% inferior na comparação com o mesmo período de 2018.

Fonte: SAA, adaptado pela equipe feed&food.

Patrocinado
Patrocinado