in

Agro mantém equilíbrio das contas paulistas

Balança comercial do Estado registrou queda nos primeiros cinco meses do ano

Balança comercial do Estado registrou queda nos primeiros cinco meses do ano

A soma das exportações de São Paulo nos primeiros cinco meses do ano chegou a US$ 20,02 bilhões. Já as importações, US$ 24,62 bilhões. O saldo leva o Estado a um déficit comercial de US$ 4,60 bilhões. Apesar de também ter registrado baixa, o agronegócio ajuda a manter o equilibro das contas paulistas.

De acordo com a Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo (SAA/SP) por meio do Instituto de Economia Agrícola (IEA), no mesmo período, o agronegócio apresentou exportações US$ 5,83 bilhões (-17,5%) e importações de US$2,08 bilhões (-3.7%), registrando dessa forma superávit de US$ 3,75 bilhões (-23,6%), em relação a 2018.

Entre os principais grupos estão o complexo soja (US$ 826,85 milhões) e as carnes (US$ 755,00 milhões). Estes agregados representaram boa parcela das vendas externas setoriais paulistas, como afirmam Carlos Nabil Ghobril, José Alberto Angelo e Marli Dias Mascarenhas de Oliveira, pesquisadores do IEA, ressaltando que o déficit do comércio exterior paulista só não foi maior devido ao desempenho do setor no Estado.

Brasil. A balança comercial brasileira registrou superávit de US$ 22,11 bilhões nos primeiros cinco meses de 2019, com exportações de US$ 92,85 bilhões e importações de US$ 70,74 bilhões. Se tratando do agro, as exportações apresentaram retração (-1,2%), em relação ao mesmo período do ano anterior, alcançando US$ 39,82 bilhões (42,9% do total nacional). As importações se mantiveram praticamente estáveis (-0,3%), registrando US$ 5,97 bilhões (8,4% do total nacional). Ainda assim, O superávit do agronegócio foi de US$ 33,85 bilhões, sendo 1,4% inferior na comparação com o mesmo período de 2018.

Fonte: SAA, adaptado pela equipe feed&food.

Frango: exportações para a China cresceram 110%

SBSS: inscrição com desconto encerra nesta quinta