in

Abrafrigo: lista de frigoríficos “privilegia” marcas

Apontamento da entidade se refere à escolha do MAPA

Apontamento da entidade se refere à escolha do MAPA

A Associação Brasileira de Frigoríficos (Abrafrigo) manifestou indignação em relação a lista de frigoríficos enviados pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) a serem habilitados para exportação à China. De acordo com a entidade, apenas os grandes frigoríficos, como Minerva e o JBS, seriam beneficiados.

A entidade aponta que o critério usado pelo ministério nunca foi observado antes nas vendas para a China: a exigência de que as novas plantas também estejam habilitadas a exportar para a União Europeia. “Esta nova exigência é muito estranha porque não consta do Protocolo existente entre o governo brasileiro e o governo chinês para a habilitação de exportadores e, com isso, das 24 plantas aprovadas pelo MAPA 16 são de grandes exportadores que já vendem para o mercado chinês como a JBS e o Minerva”, argumenta o Presidente da Abrafrigo, Péricles Salazar.

O presidente da entidade pontua que: “Isso contraria frontalmente o discurso do governo de que democratizaria e criaria maiores oportunidades para empresas de médio porte exportarem para a China. Estados que são importantes produtores como Tocantins, Goiás, Rondônia, Bahia, Mato Grosso do Sul e Pará ficam sem sequer um representante nestas exportações”.

A nova lista foi encaminhada pela embaixada brasileira ao embaixador Orlando Ribeiro no último dia 26 de abril, mas somente foi divulgada dia 30 de abril. “A Abrafrigo contesta veementemente esta situação e roga ao MAPA que priorize os frigoríficos que foram auditados, ainda não habilitados e outros que estavam aguardando mediante o critério de amostragem que vigorou até agora e aletrado pela exigência do critério de um padrão União Europeia que não consta do Protocolo Brasil-China”, finaliza Salazar.

Fonte: Abrafrigo, adaptado pela equipe Feed&Food.

Vetoquinol Saúde Animal tem novo diretor-presidente

Conbrasul divulga programação