in

ABPA propõe formação de grupo de prevenção à PSA

Objetivo é reduzir os riscos de propagação da doença no País

Objetivo é reduzir os riscos de propagação da doença no País

A Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA) propôs a criação de um grupo de trabalho voltado ao monitoramento e prevenção da Peste Suína Africana. O trabalho contará com a participação de representações regionais do setor produtivo e órgãos de pesquisa atuantes na suinocultura nacional.

O objetivo do projeto é reduzir os riscos para o setor produtivo brasileiro e terá como foco principal a avaliação de estratégias adotadas internamente, bem como a análise de erros e acertos cometidos por países que enfrentaram o problema, sob a perspectiva de atuação do setor privado. 

O Grupo Especial de Prevenção à Peste Suína Africana (Gepesa), como foi nomeado, deverá atuar em conjunto ao Conselho Diretivo, assim como já ocorre com o Grupo Especial de Prevenção à Influenza Aviária (Gepia). “A interação entre as várias esferas sociais da cadeia produtiva será importante para tornar harmônico o entendimento de iniciativas e o compartilhamento de responsabilidades neste trabalho de prevenção”, ressalta o presidente da ABPA, Francisco Turra.

Fonte: ABPA, adaptado pela equipe Feed&Food.

CNA defende alternativas de crédito no Senado

Mal-estar entre Brasil e Árabes: página virada?