Pesquisar
Close this search box.
Patrocinado
MERCADO

Conteúdo

ABPA e ABCS destacam união para blindar produções brasileiras

feedfood

Valeria Campos, da redação

valeria@ciasullieditores.com.br

No último ano, os inúmeros casos de Influenza Aviaria (IA) e Peste Suína Africana (PSA) acenderam um alerta no mundo todo sobre a importância de blindar as produções e adotar medidas rigorosas de biosseguridade.

O Brasil nessa roda de discussão se destacou pela agilidade com os protocolos e por nunca ter registrado casos dessas doenças de alto impacto.

Fortalecendo esse trabalho, a ABPA criou um forte elo entre as cadeias produtivas e outros agentes do setor, elevando a comunicação das atividades para outro patamar.

Segundo o presidente, Ricardo Santin, a meta é garantir ao Brasil a manutenção do seu maior patrimônio: o status sanitário. “Neste contexto, as melhores ações são as medidas preventivas. E o Brasil vem cumprindo o seu papel. Há muitos países com foco ativo de IA, e isso acendeu um alerta e cuidado nas nossas produções”, realça.

A ABPA fez parte do grupo de transição do MAPA e apresentou ao governo pautas estratégicas para a manutenção da sustentabilidade e da competitividade da cadeia produtiva”, conta o presidente da ABPA, Ricardo Santin (Foto: reprodução)

Ainda de acordo com o executivo, o Brasil é um País livre da doença e todos os agentes do agronegócio estão preparados caso ocorra esse evento.

No que tange à manutenção do status sanitário da suinocultura nacional, a ABCS está otimista com os anúncios feitos, até o momento, pela equipe do novo governo, o qual colocou como uma de suas prioridades a continuidade do Plano de Erradicação e Controle da Peste Suína Clássica.

“A nossa equipe continuará atuando junto ao governo e parlamentares para reforçar a importância dessas ações e da melhoria constante da defesa agropecuária e de vigilância, a fim de manter nosso mercado interno e internacional abastecidos com produto de qualidade”, afirma o presidente da associação, Marcelo Lopes.

Sendo assim, acrescenta o presidente, para o novo governo, a ABCS continuará levando pautas do setor da mesma forma, e espera manter a boa relação com as equipes dos ministérios.

Da mesma forma, a ABPA está otimista com os resultados e a relação com o novo governo. Sempre próxima das autoridades, a associação fez parte do grupo de transição do MAPA e apresentou ao governo pautas estratégicas para a manutenção da sustentabilidade e da competitividade da cadeia

Patrocinado
Patrocinado