in ,

ABPA & Apex-Brasil lançam a marca Brazilian Duck

Entidades somam expertise com marcas internacionais como base estratégica

A Brazilian Duck, marca internacional do setor exportador de carne de pato produzida no Brasil, foi lançada nesta quinta-feira (19) pela Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA) e a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil). O objetivo com a nova marca é buscar incremento para as exportações do segmento.

A parceria entre a ABPA e a Apex-Brasil somam a expertise acumulada com as consolidadas marcas internacionais Brazilian Chicken, Brazilian Pork, Brazilian Egg e Brazilian Breeders. Toda esta bagagem servirá de base para os fundamentos estratégicos da nova marca.

Fortalecendo a marca

Em sua estratégia, a Brazilian Duck fortalecerá valores de marca como credibilidade, sustentabilidade, sofisticação e excelência (para um mercado premium), com foco especial em países da Ásia e Oriente Médio – mercados-alvo do projeto setorial.

“Há uma grande oportunidade de ampliação da pauta exportadora com o setor de patos, um nicho avícola de alto valor agregado. Usando a força já estabelecida pela estratégia setorial construída pela ABPA e pela Apex-Brasil, vamos reforçar a boa percepção sobre o produto brasileiro, que agora ganha uma marca setorial alinhada aos valores já entregues pelo segmento no mercado interno e internacional”, avalia Ricardo Santin, presidente da ABPA.

Mercado da carne de pato

Exportações gerais do setor – De acordo com dados levantados pela ABPA, o Brasil exportou 4 mil toneladas de carne de pato em 2020, volume que superou em 26,55% as vendas registradas pelo setor no ano anterior.

Arábia Saudita, Emirados Árabes Unidos, Peru, Catar, Kuwait, Japão e Hong Kong estão entre os principais destinos das exportações do segmento, que geraram para o país US$ 10,5 milhões em divisas no ano passado.

Fonte: ABPA, adaptado pela equipe feed&food.

LEIA TAMBÉM:

ACCS tem sua primeira mulher presidente

Embrapa lança plataforma on-line com foco na aquicultura

Inadimplência é menor entre produtores rurais, aponta Serasa

Flexibilidade e competitividade marcam cenário atual da avicultura