in

Abiove analisa cadeias produtivas de soja

2020 deve ser encerrado em 82,3 milhões de toneladas

2020 deve ser encerrado em 82,3 milhões de toneladas

Por mudanças no mercado, Associação Brasileira das Indústrias de Óleos Vegetais (Abiove) ajustou projeções para o complexo soja, composto por grão, farelo e óleo, em 2020. Ainda nesta nova análise, estimativas para 2021, realizadas em novembro, se mantiveram inalteradas.

Como explicou a Abiove, durante evento on-line na manhã de segunda-feira (14), soma passou de 126,4 milhões para 127 milhões de toneladas no cálculo para a colheita do grão na safra de 2019/20, ante as 120,75 milhões produzidas em 2018/19.

Ao que se refere às exportações da oleaginosa em grão, ano deve ser encerrado em 82,3 milhões de toneladas, acima da 82 milhões de toneladas projetadas em novembro. Os embarques alcançaram 74 milhões de toneladas em 2019.

A Associação também pontuou que o processamento neste ano também foi ampliado, de 44,6 milhões para 45 milhões de toneladas, ante 43,45 milhões de toneladas no ano passado. E os estoques finais totais do ano foram reduzidos de 319 mil para 219 mil toneladas.

Expectativas para 2021. Seguindo os números apresentados em novembro, a safra de soja 2020/21, é estimada em 132,6 milhões de toneladas. “Mesmo que a produtividade venha a cair um pouco, tudo indica que a produção ainda baterá um novo recorde”, afirmou o diretor presidente da Abiove, André Nassar.

Fonte: Valor Econômico, adaptado pela equipe feed&food.

Programa visa novo sistema de produção de milho

MAPA divulga retrospectiva de 2020