Patrocinado
BOVINOCULTURA

Conteúdo

73 milhões de animais devem ser vacinados contra aftosa

Primeira etapa de vacinação de 2023 ocorrerá em 14 Estados
feedfood
Foto: reprodução

Em prol de uma bovinocultura eficiente e saudável, primeira etapa da campanha nacional de vacinação contra a febre aftosa de 2023 ocorrerá até o dia 31 de maio. Durante a ação, cerca de 73 milhões de bovinos e bubalinos de todas as idades deverão ser vacinados.

Como explica o Ministério da Agricultura e Pecuária (MAPA), “a primeira etapa de vacinação ocorrerá em 14 estados brasileiros (Alagoas, parte do Amazonas, Bahia, Ceará, Maranhão, Pará, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Roraima, Sergipe e São Paulo), conforme o calendário nacional de vacinação”.

“As vacinas devem ser adquiridas nas revendas autorizadas e mantidas entre 2°C e 8°C, desde a aquisição até o momento da utilização – incluindo o transporte e a aplicação, já na fazenda. Devem ser usadas agulhas novas para aplicação da dose de 2 mL na tábua do pescoço de cada animal, preferindo as horas mais frescas do dia, para fazer a contenção adequada dos animais e a aplicação da vacina”, explica a Pasta.

Vale ressaltar que, além de vacinar o rebanho, o produtor também deve declarar ao órgão de defesa sanitária animal de seu Estado. “A declaração de vacinação deve ser realizada nos prazos estipulados pelo serviço veterinário estadual”, reforça o Ministério.

Fonte: ABPA, adaptado pela equipe FeedFood.

LEIA TAMBÉM:

Seta destaca versatilidade de polifenóis na nutrição animal

Calendário sanitário marca mês de maio na bovinocultura

Carlos Fávaro fala sobre fortalecer o agro brasileiro

Patrocinado
Patrocinado