in

58% da carne suína exportada é produzida em SC

No acumulado do ano, Estado apresenta uma alta de 33,5% na receita

No acumulado do ano, Estado apresenta uma alta de 33,5% na receita

Ocupando o posto de maior produtora e exportadora da carne suína, Santa Catarina se destaca devido ao seu status sanitário diferenciado. De janeiro a julho deste ano, foram 236,6 mil toneladas embarcadas – 58% do total nacional – gerando um faturamento de US$ 467,6 milhões. Ou seja, a cada dez produtos de carne suína exportados pelo Brasil, seis são produzidos em Santa Catarina.

Somente no último mês, o Estado foi responsável pelo embarque de 35,1 mil toneladas de carne suína, o que representa um faturamento de US$ 75,2 milhões. Um volume 3,5% acima do mês anterior. O resultado foi o segundo melhor obtido no ano, atrás apenas dos embarques registrados em maio.

“Santa Catarina continua crescendo em exportações, tanto na venda de suínos quanto de aves. A China se tornou um grande mercado e vem aumentando as compras ao longo do ano, mas nós não podemos perder de vista outros mercados importantes. Nosso objetivo agora é abrir as exportações de carne suína para o México”, ressalta o secretário da Agricultura, Ricardo Gouvêa.

Destino. No acumulado do ano, Santa Catarina apresenta uma alta de 33,5% nas receitas com as exportações de carne suína e de 29,2% na quantidade embarcada. Já a maioria dos principais mercados aumentou de forma significativa suas compras ao longo do ano, com destaque para China, que ampliou em 49,9% as importações do produto catarinense em relação ao mesmo período de 2018.

As exportações para a Rússia também foram retomadas neste ano. Atualmente, o país ocupa a 5ª colocação no ranking dos embarques de carne suína. O Estado também aumentou muito as vendas para Vietnã e Coreia do Sul.

Fonte: A.I., adaptado pela equipe feed&food.

IOB realiza ação em feira livre

Workshop CBNA Aqua receberá presidente da Peixe BR