in

Sucessão familiar deve ter como base a comunicação

Novo episódio da Série do Confina Brasil aborda temática

Two farmers talk on the field. Use a tablet.

Base para sucessão familiar deve ser pautada em comunicação e transparência. Somente por meio destes dois pilares, o processo de sucessão familiar pode ser bem-sucedido dentro da propriedade.

A temática foi abordada no último episódio lançado da Série Confina Brasil, divulgada pela Scot Consultoria. Sérgio Pellizzer, da Fazenda Conforto, pontua a importância de se levar o filho para acompanhar o trabalho, não somente para que ele crie experiência com o setor, mas também para que ele possa entender de onde vem o sustento da família. Na visão do profissional, este é um ponto importante para que se possa criar gosto pela atividade.

Além disso, Pellizzer ressalta que considera fundamental que o sucessor tenha alguma experiência fora da fazenda, para assim adquirir conhecimento. “A liberdade de poder falar e expressar o que pensa é o alicerce fundamental para o crescimento e para dar certo a sucessão familiar”, complementa.

Confira mais sobre a temática, clicando aqui para assistir a série.

Fonte: redação feed&food.

Mulheres no agro: um setor cada vez mais inclusivo

Cobb-Vantress atualiza Manual de Processamento de Aves