in

Elanco Saúde Animal cresce 10% no Brasil

Empresa é a segunda maior do mundo no segmento de saúde animal

ELANCO

A Elanco Saúde Animal obteve crescimento de 10% em receita no mercado nacional e de 35% no lucro, no intervalo anual 2019-2020. “É um resultado bastante positivo para nossa companhia, que vem conseguindo crescer mesmo sob os desafios impostos pela pandemia”, diz Carlos Alberto Kuada, Vice-Presidente da Elanco para a América Latina. Segundo ele, nenhuma das divisões de negócio da Elanco retrocedeu no intervalo. “Os segmentos de bovinos e de animais de companhia foram os que mais cresceram no país, e nós mantivemos a estabilidade da performance nas áreas de aves e suínos”, completa.  

Kuada atribui o crescimento à ampliação do portfólio Elanco e dos canais de distribuição, após a aquisição da Bayer, e aos esforços da companhia no desenvolvimento de produtos e soluções que oferecem maior eficiência produtiva aos pecuaristas. “Nossas soluções permitem ao produtor ampliar a produtividade dos animais, assegurando o bem-estar, e reduzir custos de forma sustentável, em conformidade com Objetivos do Desenvolvimento Sustentável da ONU”. A Empresa prevê cerca de 80 lançamentos para o mercado latino-americano e uma margem de crescimento de até 5% no Brasil em 2021.

Websérie da BI confirma consolidação do Ivomec®

PEIXE

Gestão da água na produção de pescado é tema de livro