in

Aditivos naturais elevam rentabilidade em até 25%

Estudo realizado na Universidade Estadual de Maringá (UEM) apontou os benefícios da adesão

O uso de soluções nutricionais naturais na dieta dos bovinos de corte pode ser um grande aliado no aumento da rentabilidade e da sustentabilidade desses animais. É o que aponta um estudo realizado na Universidade Estadual de Maringá (UEM), pela doutoranda Aylle Medeiros Matos e sob a orientação do professor Ivanor Nunes do Prado, em parceria com a Alltech. De acordo com a pesquisa, a utilização de ionóforo e aditivos naturais aumentaram o retorno ao produtor em aproximadamente 25% se comparado à dieta apenas com ionóforos.

O zootecnista Luiz Fernando Costa e Silva, gerente de pesquisas da Alltech do Brasil, explica que o uso do ionóforo é uma das estratégias, nas dietas dos bovinos, para evitar a acidose, distúrbio hormonal e metabólico, mas que também visa a melhora do desempenho animal e da eficiência alimentar. “Entretanto existe uma grande preocupação da população quanto à presença de resíduos dessas substâncias nos alimentos de origem animal, principalmente quando pensamos na exportação. Nesse contexto, uma tecnologia que também começa a ser utilizada é a inclusão de aditivos naturais na dieta do animal, que proporcionam melhora na saúde e desempenho do rebanho, conforme comprovado no estudo”, explica Costa e Silva.

A pesquisa mostrou aumento no peso corporal final (4,8%) e no peso de carcaça final (5,1%) com a utilização de ionóforo e aditivos naturais na dieta em comparação com a dieta com a inclusão de apenas ionóforo. Com todos estes aumentos nos indicativos, o zootecnista explica que é possível ter maior rentabilidade. “Apesar do custo de alimentação ter sido superior nas dietas com ionóforo e o aditivo natural, a margem aparente de lucro no uso dessa combinação foi a maior, o que indica maior retorno financeiro ao produtor”, complementa.

No campo

Os benefícios são sentidos na prática pelo produtor de bovino de corte, Fabio Borba, do município de Jandaia do Sul, no Paraná. “Eu tive um acréscimo de ganho de peso. Vinha tendo um resultado de 1,2 kg a 1,3 kg/dia. Hoje eu tenho 1,5 kg e chegou a dar resultado de até 1,7 kg por boi/dia. É um produto que veio a me direcionar positivamente. É um produto que está dando a resposta que eu estava precisando”, afirma.

O sócio na Pró-Campo Fábrica de Rações, Edward Zackm, também conta os resultados percebidos pelos clientes nas linhas que contam com essa tecnologia na formulação. “Tivemos aproximadamente ganhos de 1,5 kg a 1,6 kg por dia, com ganhos de carcaça variando de 1 kg a 1,1 kg por dia. São números muito interessantes, com rendimentos muito bons. Os rendimentos que nós temos são reais, porque são repassados pela cooperativa. Realmente é peso morto, que está oscilando entre 54% e 55% de rendimento de carcaça, e, animais com aproximadamente 300 kg de carcaça terminado”, detalha.

Conceitos de nutrigenômica

A solução nutricional utilizada no estudo é o Advantage Confinamento, da linha Advantage da Alltech. Ela é composta por aditivos nutricionais e desenvolvida a partir de conceitos de nutrigenômica embasados por mais de trinta anos de pesquisa, colaborando na melhoria da produção da bovinocultura. Dessa forma, permite explorar ao máximo o potencial genético, o desempenho e a saúde dos animais.

Fonte: A.I.

MAPA diz que não vetará a importação de lácteos

CARNE DE FRANGO

Média mensal da carne de frango mantém alta