in

Grupo debate plano de ação para prevenir Influenza Aviária

Disseminação em várias partes do mundo coloca Brasil em alerta

Disseminação em várias partes do mundo coloca Brasil em alerta

Uma reunião do Grupo Especial de Prevenção de Influenza Aviária (GEPIA), promovida pela Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA) no final de janeiro, debateu a construção de um macro plano de ação.

O Instituto Ovos Brasil, representado pelo seu presidente, Ricardo Santin (também presidente da ABPA), e pela sua diretora Administrativa, Tabatha Lacerda, participou da reunião.

Santin explica que países da Ásia e da Europa colocam o mercado global em alerta, e a disseminação em várias partes do mundo coloca o Brasil também em alerta máximo. “Somos um país livre e empregaremos todos os esforços possíveis para que isso não se altere”, defende.

Este é um período do ano em que as aves migratórias fazem rotas pela Ásia e param nas lavouras de arroz, espalhando a doença no entorno. “O Brasil tem uma posição privilegiada e algumas rotas dessas aves são só de passagem, elas não param no Brasil. Há um sistema reforçado de monitoramento e prevenção, e ainda assim estamos enviando alertas para que o setor reforce seus cuidados”, declara Santin.

Em 2015, a ABPA criou o GEPIA com o propósito de incrementar as medidas de prevenção, adequar estruturas produtivas, registros de granjas, atualizar o plano de contingência e ampliar a capacidade de diagnósticos.

A retomada das ações desse grupo é de suma importância. Conforme menciona Tabatha Lacerda, foram diversas crises no setor nos últimos anos. “Reforçar ações de prevenção junto aos produtores, ampliar nossas ações de comunicação, avaliar os cenários, inclusive os fundos para emergências sanitárias, são medidas necessárias preventivas”, diz e finaliza: “Não podemos deixar para ser reativos com um tema tão importante e relevante ao setor de proteína animal, e que é nosso grande diferencial em relação aos outros grandes players do setor”.

Fonte: IOB, adaptado pela equipe feed&food.

Feedis inicia ano com reforço na equipe

“Melhor momento para pautas agro avançarem”, diz Sérgio Souza