in

PIB agropecuário registra alta de 2,4%

Saldo positivo foi registrado no período de janeiro a setembro

Saldo positivo foi registrado no período de janeiro a setembro

Mesmo com a pandemia e com a desvalorização cambial nos custos de produção, o agronegócio apresente uma crescente 2,4% de janeiro a setembro deste ano frente ao mesmo período de 2019, de acordo com a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) sobre o resultado do Produto Interno Bruto (PIB), divulgado na quinta-feira (03) pelo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Já no acumulado dos últimos doze meses, o IBGE mostrou que a agropecuária também teve desempenho positivo, com expansão de 1,6% ante 12 meses anteriores, enquanto indústria e serviços novamente tiveram retração (-3,5%). No acumulado de 2020, indústria e serviços tiveram queda de 5,1% e 5,3%, respectivamente.

No terceiro trimestre, o PIB da agropecuária caiu 0,5% e teve ligeira alta de 0,4% na comparação com o terceiro trimestre de 2019. Quando comparado com o terceiro trimestre do ano anterior, o PIB registra queda de 3,9%. No acumulado de janeiro a setembro de 2020, a retração é de 5% em relação ao mesmo período do ano passado.

“Os dados mais recentes, referentes ao 3° trimestre/2020, sugerem que o pior momento da crise brasileira parece ter ficado para trás já que o desempenho do 3° trimestre é significativamente melhor que o do trimestre imediatamente anterior”, diz o Comunicado Técnico da CNA.

FOnte: CNA, adaptado pela equipe feed&food. 

Minerva Foods passa a integrar ISE

Holambra está entre 200 maiores empresas do agro