in

SBSS debate futuro da suinocultura

Evento abordará temas como mercado e percepção do consumidor

Evento abordará temas como mercado e percepção do consumidor

O futuro do manejo em granjas comerciais e o manejo voltado ao bem-estar animal estão entre as pautas a serem abordadas na décima edição do Simpósio Brasil Sul de Suinocultura, que acontece entre os dias 06 e 08 de agosto, no Centro de Cultura e Eventos Plínio Arlindo De Nês, em Chapecó (SC).

Um foco importante e de grande relevância no setor atualmente também estará em pauta: a sanidade. O evento abordará formas de entender e preparar-se para o desafio de doenças exóticas e emergentes, controle de vetores no sistema de produção de suínos e alternativas viáveis para o destino de resíduos biológicos nas granjas são temas que também ganham destaque na programação científica do evento.

O evento também aborda aspectos de mercado, com a percepção do consumidor sobre o sistema produtivo. A mesa redonda sobre sanidade reunirá representantes da agroindústria, defesa sanitária e pesquisa para discutir como está o gerenciamento de nosso patrimônio sanitário. 

Além disso, questões como os desafios com relação ao uso de antimicrobianos na produção de suínos também estarão em foco. O simpósio fecha no dia 08 de agosto com discussões relacionadas à pesquisa e produção, com foco na matriz de reposição, o preparo dos leitões para o sistema de produção com redução de antimicrobianos.

A evolução dos temas acompanha os desafios do setor suinícola brasileiro e mundial, que vão desde as inovações tecnológicas do setor até problemas sanitários e barreiras comerciais”. O foco do evento é a promoção da continuada e o aprimoramento técnico profissional.

“Isso torna o Simpósio Brasil Sul referência técnica e ponto de encontro dos profissionais do setor de produção animal”, relata o presidente do Nucleovet, Rodrigo Santana Toledo, revela o desafio de manter o nível técnico da programação científica e a organização dos anos anteriores”, confira.

O SBSS reunirá participantes entre médicos veterinários, zootecnistas, consultores, pesquisadores, profissionais da agroindústria e produtores toda América Latina. Todas as palestras terão tradução simultânea para o espanhol.

As inscrições podem ser feitas no site da Nucleovet

 Fonte: A.I., adaptado pela equipe feed&food.

BI destaca o Mamyzin® S como terapia inteligente

Vetanco homenageia Cooperitaipu